• Alécio Pereira de Souza

IMPRESSO PARA QUÊ?

Atualizado: 18 de ago. de 2021

Voto impresso é a terra plana. Ou côncava. Ou convexa. Ou chata. Ou whatever. Afinal, qual a importância do formato da bola sideral em cuja superfície vivemos e viajamos rumo ao infinito e além, né mesmo?



Voto impresso é a ivermectina eleitoral. Voto impresso é a cura gay. Voto impresso é a facada semiótica. Voto impresso é o golpe de agenda-setting fascista, na era da sua alucinante propagação bolsonárica, para obliterar o debate sobre a qualidade da democracia e sua sujeição aos imperativos do sistemer do kapital.


Vocês sabem, eu sou classe média e, por isso, eu exijo meu direito ao voto impresso em papel personnalité, enriquecido com vitamina E.


A imagem não é meramente ilustrativa


Alécio Pereira de Souza



Nasceu no século passado. É bacharel em Direito. Especialista em Ciências Penais. Analista do Ministério Público da União. Ex-advogado. Ex-servidor municipal de Torres/RS. Vacinado. Circula sempre com PFF2